Pai entrega o filho à polícia após encontrar fotos de criança nua

Paul entregou o filho Andrew à polícia após encontrar

Após achar fotos de uma menina de 2 anos nua no celular do adolescente, de 17 anos, Paul Spensberger chamou os policiais e fez a denúncia.

Paul poderia libertar o filho, Andrew, da prisão caso concordasse em pagar fiança de US$ 10 mil (cerca de R$ 32 mil), mas ele teria se recusado a pagá-la para que servisse de lição ao adolescente. Ele tem audiência marcada para a próxima terça-feira (16).

Segundo os investigadores, as imagens encontradas pertencem a uma parente da namorada do menino. Ainda segundo a polícia, o garoto pretendia vender as fotos para um colega de sala, suspeito de pedofilia, por US$ 300 (cerca de R$ 1.000).

OENTITY_apos_ENTITYFallon Missouri Police Department
OENTITY_apos_ENTITYFallon Missouri Police Department

As fotografias foram feitas na casa do adolescente, na cidade de O'Fallon. O adolescente admitiu que tirou as fotos enquanto ela dormia no chão do quarto dele.

Andrew Spensberger está sendo investigado por pornografia infantil.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Puigdemont fecha acordo que lhe garante a presidência
Ex-presidente da Generalitat e secretária-geral da ERC chegaram a acordo durante um jantar para a eleição da Mesa do Parlamento. A questão da investidura de Puigdemont será estudada pelos advogados da ERC, assim como os do próprio Parlamento catalão.

Vivian Amorim e Fernanda Keulla serão repórteres do BBB 18, diz jornal
A loira possui experiência com televisão, pois apresentou dois programas na Globo Minas , "Pratos e panelas" e "Moda e estilo". Uma das novidades do " BBB 18" é a contratação de duas ex-sisters para ocupar a vaga de repórter deixada por Rafael Cortez .

Monalisa Perrone e Luciano Burti estão namorando
A apresentadora do telejornal "Hora 1", Monalisa Perrone está namorando o comentarista da TV Globo , Luciano Burti . De acordo com ele, o casal engatou um relacionamento no final de 2016, mas teria decidido assumi-lo recentemente.

Ex-refém dos talibãs acusado de cometer 15 crimes depois de libertado
Vale mencionar que a identidade das vítimas está sendo protegida pelo veto de publicação. Os incidentes teriam ocorrido nos últimos meses, depois da família voltar ao Canadá.

Outras notícias