SC: Chuvas provocam deslizamentos e deixam desaparecidos

As chuvas causaram inundações deslizamentos de terra destelhamentos panes elétricas entre outras ocorrências

Duas pessoas morreram e dois estão desaparecidos. Os bairros mais atingidos foram Vila Nova, Perequê e Sertão de Santa Luzia. "Muitas já estão estado de atenção dos acumulados de chuvas nos últimos dias, que foram bem altos e têm previsão de mais chuva até o próximo domingo", afirma o major da Polícia Militar, Rinaldo Monteiro, coordenador da Defesa Civil no Vale do Paraíba. Preliminarmente, houve danos em escolas de Porto Belo, queda de dez postes de energia elétrica e em locais que vivem da pecuária.

Em Porto Belo, cerca de 200 pessoas também foram retiradas de suas casas. A Secretaria de Obras ainda trabalha na limpeza das pistas.

Silva conta que as pessoas desalojadas estão na Casa da Cidadania, abrigo da prefeitura e que os desalojados estão em residências de parentes e amigos.

Já em Balneário Camboriú, segundo a Defesa Civil, choveu 75 milímetros da meia-noite à uma da manhã, o que foi responsável pelo grande acumulado de água e pelos maiores prejuizos. Além disso, a estrada também foi atingida por deslizamentos. O rio das Ostras chegou a sair da calha. O Centro, São Judas Tadeu, Nova Esperança foram afetados significativamente. Os casos mais graves envolveram deslizamentos de terra e o desaparecimento de uma pessoa. Ele andava a pé na Avenida do Estado, que faz divisa com Itajaí.

Conforme o último relatório da Defesa Civil, divulgado às 8h30 desta quinta-feira, 11, a situação mais crítica é em Florianópolis, onde já choveu mais de 300mm, volume que supera a média climatológica do mês de janeiro. No Ratones, norte da Ilha, uma ponte caiu e moradores ficaram ilhados.

As chuvas constantes que atingiram Imbituba e a região desde a terça-feira, provocaram alagamentos e problemas da drenagem pluvial, causado pelo grande volume de água.

Tempo: mais nuvens no Litoral e mais aberto nas demais regiões.

Um homem de 59 anos morreu nesta quinta-feira (11) no bairro Itacorubi, em Florianópolis, depois de sofrer um infarto, cair e bater a cabeça enquanto tentava ajudar vizinhos a limpar um bueiro entupido. Qualquer problema deve ser comunicado à Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros no número 193. Apenas em 24 horas, entre a manhã do dia 10 e a manhã do dia 11 de janeiro choveu o equivalente a chuva de todo o mês de janeiro. "Toda essa chuva é favorecida pela evaporação do mar, que está aquecido, e os elevados índices de umidade do mar que são transportados para as cidades litorâneas", explicou a meteorologista da Epagri/Ciram Laura Rodrigues à agência de da Secretaria de Comunicação do Estado. No fim de semana o tempo será de sol e temperaturas mais elevadas.

"Hoje as chuvas continuam com intensidade, mas não previsão de temporal. Amanhã o volume já será menor", destaca.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

MEC antecipa divulgação de resultados do Enem 2017
O Enem é a principal maneira que os estudantes brasileiros possuem para ingressar no ensino superior público brasileiro. Já o Sistema de Seleção Unificado (Sisu ) abre no dia 20 de janeiro e permanece acessível até o dia 1º de fevereiro.

Fernando Segovia diz que PF vai concluir Lava Jato neste ano
Segovia, no entanto, afirmou que não faz o cálculo sobre eventual influência da aceleração dos inquéritos nas eleições deste ano. Hoje já foram convocados 17 delegados para auxiliarem nessas investigações.

Ministro das Finanças de Portugal assume presidência de Eurogrupo
Agradeço ao Jeroen [Dijsselbloem] pelo trabalho duro e pelos compromissos que conseguimos atingir nos últimos cinco anos. À saída do encontro, Mário Centeno não prestou declarações aos jornalistas.

Jovem morre em colisão entre ligeiro e pesado na A3
O acidente aconteceu na A3, em Cruz, Vila Nova de Famalicão, distrito de Braga, sentido sul-norte, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS).

Outras notícias