Cachorro morre após viajar no bagageiro superior de avião

Cachorro morre em voo após comissário colocá-lo em compartimento de bagagem

Um cão morreu num voo da companhia norte-americana United Airlines, depois de uma assistente de bordo ter ordenado ao dono que colocasse o animal no compartimento de bagagem, foi esta terça-feira divulgado.

A companhia já assumiu responsabilidade pela morte do cão. No ano passado, a empresa também ficou em evidência por motivos desagradáveis, quando um passageiro foi literalmente arrastado pelos corredores de um dos aviões da companhia ao ser removido forçadamente de seu voo. A falta de oxigênio pode ter ocasionado a morte do animal.

Maggie Gremminger, uma passageira do vôo, relatou que um comissário de bordo disse à passageira antes da decolagem que ela deveria colocar seu cachorro no compartimento.

Depois do ocorrido, o funcionário afirmou que não sabia que o cachorro estava dentro. A United Airlines abriu uma investigação sobre o caso para evitar que isso aconteça novamente.

A United permite que gatos, cães, coelhos e pássaros domésticos (exceto cacatuas) viajem acompanhados na cabine da aeronave na maioria dos voos dentro dos EUA em uma caixa de transporte de animais que sejam rígidas ou flexíveis. "Foi um acidente trágico que nunca deveria ter acontecido".

Em 2017, a companhia teve o maior número de mortes de animais do que qualquer companhia dos EUA, de acordo com um relatório do Departamento de Transportes (DOT). Ao todo, foram 18 animais mortos e 13 feridos.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Altos empata com Botafogo-PB na quarta rodada do Nordestão
No jogo de hoje, sendo mandante, o time de Piauí tem a chance de buscar a classificação para a próxima fase. O canal, no entanto, não divulgou quais profissionais estarão trabalhando na transmissão do duelo.

Novo técnico Diego Aguirre é apresentado e já fala em reforços
Ele garantiu que, mesmo se o convite vier, cumprirá seu contrato até o fim. O São Paulo anunciou no último domingo a contratação de Diego Aguirre .

Caixa rompe contrato e lotéricas deixam de receber fatura de luz
A Caixa decidiu suspender os serviços enquanto a empresa paranaense de energia tentou impedir a ação judicialmente, sem êxito. Assim, visando a defesa dos seus clientes, a Copel está adotando as medidas possíveis para resolver este impasse.

Corinthians está próximo de anunciar lateral Zeca, ex-Santos — Mercado da bola
A princípio, a situação com o Santos não impede que ele assina o novo contrato, que prevê um vínculo de quatro anos com o Timão. Antes, chegou a negociar com o Flamengo , mas o clube carioca não conseguiu as garantias jurídicas que julgava necessárias.

Outras notícias