Doria anuncia pré-candidatura ao governo de SP

O prefeito de São Paulo João Doria durante a 14ª Convenção Nacional do PSDB para a escolha do novo presidente Executiva e Diretório do partido no Centro de Convenções Brasil 21 em Brasília  09/12/2017

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), confirmou o que há muito já se especulava: é pré-candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB na eleição deste ano. Doria enfrentará os tucanos José Aníbal, Floriano Pesaro e Luís Felipe d'Ávila.

De acordo com informações da coluna Radar, da Veja, o grupo de aliados de Doria afirma já ter coletado 1.400 assinaturas de delegados em apoio a ele. Confiantes numa vitória no próximo domingo, articuladores da candidatura do prefeito discursaram dizendo que não haverá segundo turno e a escolha do candidato da sigla a governador sairá no fim de semana.

Após fazer um discurso exaltado para as lideranças tucanas que lotaram o diretório da legenda, Doria foi questionado por jornalistas se o seu projeto conta com o aval do governador Geraldo Alckmin, seu padrinho político. Preciso do aval do PSDB. Em sua fala, Doria fez um jogral com a plateia: "Vocês querem uma candidatura vitoriosa? Nós vamos juntos para a vitória em São Paulo".

Os membros do diretório que votaram contra o calendário que prevê a finalização do processo em março defenderam que o primeiro e segundo turnos das prévias ocorressem em 25 de março e 2 de abril, respectivamente.

Doria mandou um recado a grupos do partido que o acusam de temer o debate com os outros pré - candidatos tucanos. Ele disse que os dois palanques poderão eleger Alckmin para o Planalto e ressaltou que o canal de diálogo com Márcio França está "aberto" e que respeita o vice-governador. Não quero que meus filhos tenham ao fim de uma eleição, no segundo turno, uma disputa entre a extrema-direita e a extrema-esquerda. "Vocês sabem que o adversário não está no PSDB, está fora do PSDB", destacou.

O lançamento da candidatura de Doria teve as presenças do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Cauê Macris, do presidente estadual do PSDB, parlamentar Pedro Tobias, do deputado federal Ricardo Tripoli e dos prefeitos de Barueri, Rubens Furlan, de Itanhaém, Marco Aurélio, e de São Bernardo, Orlando Morando, além de vereadores. "O grande adversário de São Paulo e do Brasil é o PT".

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Real Madrid pode ter ajuda de empresa para contratar Neymar
Com a participação da Nike , o valor de € 400 milhões não seria tão absurdo assim para o Real Madrid , explica o "AS". Atualmente, o Real Madrid recebe € 40 milhões (R$ 160 milhões) anuais da Adidas, com quem tem vínculo até 2020.

Salvador Sobral, Ana Moura e Mariza na final da Eurovisão
Cláudia Pascoal vai representar o nosso país, através da canção composta por Isaura , 'O Jardim' . As eliminatórias terão lugar a 8 e 10 de maio, com a final a decorrer no dia 12 de maio .

Eibar vs Real Madrid: Visitors arrive in inspired form after PSG win
He told reporters: "Well, I'm not going to talk about a player who is not mine". "The problem is, they are not open to sell right now anyway".

Instagram desativa GIFs no Stories depois que acharam conteúdo racista
O primeiro aplicativo a remover o GIF em questão foi o Snapchat . " Nós corrigimos o bug e reativamos os filtros de moderação em todos os stickers de nossa biblioteca ", explicou a empresa.

Outras notícias