Kondzilla fará série sobre conexão entre funk, tráfico e religião em SP

O produtor KondZilla nova aquisição da Netflix

"Ele é o nome por trás dos vídeos de hits como Deu Onda, de MC G15, e a versão final (e "oficial") de Envolvimento" de MC Loma e das Gêmeas Lacração.

"É o projeto mais antigo da minha vida, sempre sonhei em criar e dirigir uma ficção". Espero que seja mais uma das minhas realizações a inspirar mais molecada de favela e persistir com seus sonhos também, nada é impossível. "Favela venceu!", diz KondZilla no comunicado enviado pela Netflix à imprensa nesta segunda.

A série aborda temas como música, tráfico de drogas e religião e é narrada através das perspectivas de três jovens que vivem na periferia de São Paulo. Depois de crescidos, trazem consigo suas experiências de infância para a vida adulta e percebem que, mesmo que tomem caminhos diferentes, não conseguirão levar uma vida tão distante de onde vieram.

A Netflix anunciou hoje em suas redes sociais a criação da série "Sintonia", idealizada e dirigida pelo empresário Konrad Cunha Dantas, o KondZilla.

O trabalho foi concebido por Kondzilla, Guilherme Quintella e Felipe Braga, tem produção da Losbragas e irá estrear mundialmente em 2019 com oito episódios.

A série chegará com exclusividade na Netflix em 2019.

Uma série original Netflix criada pelo KondZilla. Uma voz emergente que encontrou seu lugar fora da mídia tradicionais, KondZilla nos mostrou uma mensagem poderosa e e força criativa, estabelecendo o que se tornou um dos maiores canais de música do Youtube no mundo. Veja abaixo o teaser do anúncio da parceria.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Elon Musk diz que viagens para Marte pode acontecer ainda em 2019
"Eu acho que poderemos fazer vôos curtos, vôos para cima e para baixo, alguns ainda na primeira metade do próximo ano", disse Musk.

Mineroduto se rompe e despeja minério em manancial de Minas Gerais
A informação foi confirmada pela a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad). A pasta informou que o caso foi notificado também ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama).

Evento com 2.471 prefeitos une Alckmin e Temer em Brasília
Em seu site, o ministério diz que 2.053 cidades estão aptas a assinarem o termo de adesão ao projeto. Em órbita desde maio de 2017, o satélite tem vida útil de 18 anos.

Trump espera tribunais para decidir sobre idade para compra de armas
A Casa Branca apoiará plenamente uma importante melhora e o fortalecimento das verificações de antecedentes [dos compradores]. Para a secretária de Educação, o projeto é "pragmático".

Outras notícias