Lewandowski homologa delação de marqueteiro que cita Cabral e Pezão

O marqueteiro Renato Pereira

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, homologou nesta terça-feira (13/3) a delação do marqueteiro Renato Pereira, que trabalhou para o PMDB nas eleições de 2014.

No acordo fechado com a Procuradoria-Geral da República, Pereira relatou financiamento ilegal nas campanhas do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, do ex-prefeito Eduardo Paes e do ex-governador Sérgio Cabral. Segundo o STF, todas as exigências do ministro foram atendidas.

Para Lewandowski, o perdão de penas privativas de liberdade e a suspensão do prazo prescricional somente podem ser determinadas por meio de sentença judicial. O acordo tinha sido firmado com a equipe do ex-procurador-geral Rodrigo Janot.

Na ocasião, o ministro também retirou o sigilo do acordo, sob a justificativa de que o seu teor vazara à imprensa, mas a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu para restabelecer o segredo a fim de proteger o delator e sua família de eventuais ameaças. O Poder360 procurou a PGR, mas ainda não recebeu resposta.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Botafogo repercute morte de Bebeto de Freitas: "Sempre um botafoguense apaixonado"
A morte foi confirmada pelo prefeito de Belo Horizonte e ex-presidente do Atlético , Alexandre Kalil , que se despediu do amigo. O dirigente passou mal no hotel da concentração do Atlético-MG, clube no qual atuava como diretor de administração e controle.

Novela O Outro Lado do Paraíso: resumo de quarta e quinta-feira
Mariano divide com Lívia toda a sua tristeza e decepção com relação a mentira que seu irmão lhe contou durante anos. Lívia ameaça Renato e o acusa de querer a guarda de Tomaz para ficar com as esmeraldas.

José Sá suspenso dois jogos após encontro com Paços de Ferreira
Além dos dois jogos de suspensão, José Sá foi ainda multado em 1.148 euros. O guarda-redes do FC Porto foi expulso no final da partida com o P.

Baldão de sorvete Oreo de quase 1 litro chega ao Burger King!
A rede de fast food já havia lançado um produto parecido, disponibilizando desde o ano passado, baldes de batatas-fritas. O valor sugerido para a sobremesa é de R$ 17,90, mas pode sofrer alterações, dependendo do ponto de venda.

Outras notícias