Professor nina bebê de aluna durante aula e vídeo viraliza

Alessander Mendes

Enquanto ensinava o conteúdo de direito penal, o professor Alessander Mendes ninava Mateus, um bebê de três meses, filho de uma de suas alunas.

O professor afirmou em entrevista que a criança passou a maior parte da aula quieto, mas começou a chorar.

Eliana Figueiredo, mãe da criança, afirmou que até tem com quem deixar Matheus, mas prefere leva-lo à aula para que ele possa continuar sendo amamentado.

- Então eu pedi, "me dê ele aqui" e ele parou de chorar. Ela ficou feliz e eu também, foi uma experiência muito legal e meio involuntária. "Assim consigo me concentrar melhor na aula", explicou também ao G1. Um aluno filmou, publicou e muitas pessoas me mandaram mensagem, não entendi muito bem a repercussão - contou o docente.

A atitude de um professor do curso de Direito em uma faculdade de Teresina, no Piauí, surpreendeu os alunos e toda web.

A mãe do bebê, Eliana disse que ia sair da sala porque o bebê estava chorando e não queria atrapalhar a aula, mas o professor pediu para segurar o bebê que ficou queito nos braços dele. O pequeno gostou tanto do colo de Alessander que ficou quietinho.

O professor Alessander é professor há 21 anos e disse ser um mediador de conflitos. Ela estar com um bebê porque precisa não é motivo para eu impedir o conhecimento - declarou Alessander.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Atriz Paolla Oliveira e Globo denunciam fotos vazadas
Já a atriz , se manifestou em seu Instagram e disse que se sente "explorada e desrespeitada por um colega de trabalho". Ela está em um estúdio da O2, produtora independente parceira da Globo , fundada pelo cineasta Fernando Meirelles.

Ex-BBB Jaqueline faz comentário polêmico sobre Ana Clara e revolta fãs
Ela declarou também que sua relação com Breno foi superior a qualquer outra dentro da casa. Victor Meyniel, Marcelo Zulu e Mau Mau também participaram do mesa reonda.

Macarrão, comparsa do ex-goleiro Bruno, vai para o regime aberto
Em março de 2013, Bruno foi considerado culpado pelo homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado da jovem. A modelo desapareceu no dia 4 de junho de 2010, quando deixou um hotel no Rio e foi ao sítio do goleiro em Esmeraldas (MG).

Inscrições para concurso da Polícia Civil da BA terminam nesta sexta (2)
O processo seletivo oferece mil vagas para a corporação, das quais 880 para investigador, 82 para delegado e 38 para escrivães. Para delegados, vão ser 53 vagas para ampla concorrência, 25 para negros e quatro para pessoas com deficiência.

Outras notícias