Sesau reforça necessidade de vacinação contra meningite e HPV

Campanha de Vacinação contra HPV e meningite

Segundo o Ministério da Saúde, desde o início da vacinação contra o HPV, quase cinco milhões de meninas já tomaram as duas doses.

Assim como no caso do HPV, a campanha da vacinação contra a meningite focará nos pré-adolescentes: meninos de 11 a 14 anos e meninas de 12 e 13 anos. Atualmente, em Alagoas, 52,3% das meninas e 44,6% dos meninos foram imunizados contra o HPV O Ministério da Saúde está convocando adolescentes de todo país para se vacinarem contra HPV (Papiloma Vírus Humano) e meningite. Segundo o ministério, a meningite C é a forma da doença mais prevalente entre as meningites bacterianas.

A coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, Carla Domingues, enfatiza que as vacinas contra o HPV e a meningocócica C fazem parte do calendário de rotina disponível nas unidades do SUS, durante todo o ano e que esta é uma campanha de mobilização.

No Brasil, são estimados 16 mil casos de câncer de colo do útero por ano e 5 mil óbitos de mulheres associados à doença.

O estudo indica ainda que 16,1% dos jovens tem uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) prévia ou apresentaram resultado positivo no teste rápido para HIV ou sífilis.

A campanha publicitária será veiculada no período de 13 a 30 de março e traz o slogan "Não perca a nova temporada de Vacinação contra a meningite C e o HPV", e utiliza a linguagem das séries famosas de TV para aproximar dos adolescentes.

Segundo dados do governo, de 2014 a 2017, 72% das meninas de 9 a 14 anos foram vacinadas, porém somente 45% receberam a segunda dose. No Brasil, o perfil de prevalência do HPV é semelhante ao global, sendo 53,2% para HPV 16 e 15,8% para HPV 18. Segundo a pasta, o número é o que falta para atingir 80% da população-alvo. O esquema vacinal para esse público será de um reforço ou uma dose única, conforme a situação vacinal. "A ampliação para adolescentes, além de proporcionar proteção direta aos mesmos, alcançará o efeito protetor da imunidade coletiva a grupos não vacinados", informa Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da FMS. A ideia é estimular os professores a conversem com os alunos e familiares sobre o tema. A pasta alerta, entretanto, que a cobertura vacinal só está completa com as duas doses. O Brasil é o primeiro país da América do Sul e o sétimo do mundo a oferecer a vacina HPV para meninos em programas nacionais de imunizações. A participação das escolas na campanha de vacinação depende, segundo o Ministério da Saúde, do gestor da secretaria de Saúde e de Educação de cada cidade.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Brasil negocia com outros países antes de recorrer à OMC, diz diretor
Ele ainda afirmou que irá tirar satisfações com o presidente dos Estados Unidos , Donald Trump , sobre as tarifas aplicadas ao aço.

Mega-Sena pode pagar R$ 52 milhões nesta quarta-feira (14)
O sorteio será realizado às 20 horas (horário de Brasília) no Caminhão da Sorte da CAIXA, que esta semana está em Manhuaçu (MG). No último sorteio da "Mega acumulada" ninguém acertou a 'sena' e o prêmio acumulou.

Sepúlveda: Cármen Lúcia não indicou se pautará habeas corpus de Lula
Fachin mantém o entendimento demonstrado na decisão em que negou a liminar de Lula e remeteu o caso ao plenário do STF. Nesse contexto, o PT tem também feito pressão por um julgamento.

Procon começa amanhã semana de conciliação com bancos e concessionárias
O Procon Estadual participou da operação na verificação da precificação dos produtos, a disponibilidade do Código de Defesa do Consumidor (CDC) e alvarás de funcionamento.

Outras notícias