"Vamos com Lula até as últimas consequências", diz Gleice Hoffmann

Gleisi Hoffmann

Segundo a dirigente, a Globo quer que o STF não julgue as ações e habeas corpus a tempo de evitar a prisão de Lula por ordem de Sergio Moro.

A cúpula do PT já admite que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode ser preso antes da Páscoa, que será no dia 1º de abril, e por isso decidiu intensificar a campanha para cobrar a reação dos militantes nas ruas.

Logo em seguida, porém, a presidente do PT destacou que não estava pregando ofensiva violenta. A declaração foi interpretada como um convite à manifestações violentas, o que ela tentou minimizar durante o seminário de segurança pública organizado pelo PT e pela pela Fundação Perseu Abramo.

Em artigo, a senadora também aponta as ações da grande mídia, principalmente da Rede Globo, na campanha de difamação contra o ex-presidente Lula. "É um absurdo quererem prender o maior líder popular que este país já teve".

Gleisi criticou o que definiu como "inércia" do Supremo Tribunal Federal ao não analisar a legalidade de prisões em casos de condenação pela segunda instância antes de esgotados todos os recursos judiciais.

Segundo ela, o que "estão fazendo" com Lula é algo sem nenhum precedente na história do Brasil ferindo frontalmente a constituição brasileira.

Agora, a Globo quer que o Supremo Tribunal Federal permita, por omissão, que a prisão de Lula seja executada.

"Às vezes, ouço dizerem que estamos pressionando o Supremo pelo julgamento. Não temos normalidade democrática, política e institucional", enfatiza a senadora.

O que está jogo é mais que o direito que Lula tem - como todo cidadão - de recorrer em liberdade para anular uma sentença injusta.

Na medida em que aumenta a pressão dos poderosos para que o ex-presidente Lula seja preso - contra as provas, contra a Constituição e contra a vontade da maioria - vai ficando mais claro o desprezo destes setores pela democracia e pelo povo brasileiro. Uma disposição que poderia levar a que o nome do ex-presidente chegasse a constar nos boletins de votos para as presidenciais de outubro, uma vez que lhe resta ainda a possibilidade de recorrer para instâncias superiores e para a própria justiça eleitoral.

Mesmo preso, o PT deve registrar a candidatura de Lula à Presidência em 15 de agosto. É nesse processo que a perseguição de Lula acontece. "Portanto, cresce muito a minha responsabilidade de interpretar este arco deserdado por uma fatalidade", afirmou.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Consumidores do Rio vão pagar mais por luz da Light
A outra metade do reajuste proposto diz respeito a componentes financeiros, que, embora elevados, têm efeito de um ano. A Light atende a 3,8 milhões de unidades consumidoras no Rio de Janeiro e outros 30 municípios do Estado.

Menina que chorou ao ganhar bolo de aniversário emociona internautas
Aos 22 anos, ela organizou a festa contando com a colaboração da família, que se reuniu para comprar os ingredientes, e de uma amiga, que fez a receita.

Lewandowski homologa delação de marqueteiro que cita Cabral e Pezão
O acordo tinha sido firmado com a equipe do ex-procurador-geral Rodrigo Janot. Segundo o STF, todas as exigências do ministro foram atendidas.

Bruno Viana assina com o Sporting de Braga até 2023
Bruno Viana e a SAD do Sporting de Braga chegaram a acordo e o central brasileiro é jogador dos minhotos, agora em definitivo, até 2023.

Outras notícias