Com Jean de volta, Palmeiras finaliza preparação para encarar o Botafogo

Presidente do TJD-SP cita uso de árbitro de vídeo em final mas recua

Para o jogo de estreia no Brasileiro, segunda, contra o Botafogo, Marcos Rocha deve ser titular. Até por conta disso, a partida dessa segunda-feira promete ser bastante disputada.

Debaixo de chuva, o elenco Palmeirense finalizou na tarde de domingo, na Academia de Futebol, a preparação para estrear no Campeonato Brasileiro diante do Botafogo, na casa do adversário. Além do atacante Luiz Fernando e o lateral esquerdo Moisés, que se machucaram na final do Estadual contra o Vasco, o meia Renatinho também não terá condições de jogo, já que um exame de ressonância feito no sábado apontou uma lesão leve (grau 1) em sua coxa esquerda. Ele ainda tentou voltar ao campo, mas não conseguiu. Porém no desembarque da equipe no Rio de Janeiro, o jogador estava caminhando normalmente. A grande novidade do trabalho deste domingo foi a presença de Jean. Jean está liberado depois de passar por uma cirurgia no joelho direito, em janeiro.

O técnico Roger Machado comandou um trabalho de bola parada. Embora não tenha revelado o time, a expectativa é de que o técnico repita a base da formação que empatou com o Boca Juniors, pela Copa Libertadores.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Para 91%, lava jato só investiga um lado
Na pesquisa, os entrevistadores do Ipsos leem uma série de frases e perguntam se há ou não concordância em relação a elas. Ou de que "a Lava Jato faz perseguição a Lula", opção de que apenas 41% discordam.

Policial morto na região metropolitana do Rio será enterrado hoje
Pelo menos dez pessoas foram presas e quatro pistolas apreendidas, além de drogas. Ele é o 36º policial militar assassinado, somente este ano, no Estado do Rio.

Ex-primeira-dama dos EUA tem piora e nega tratamento de saúde
Segundo a agência Associated Press, os dois estão casados há mais tempo do que qualquer casal presidencial da história americana. Bush, presidente dos Estados Unidos entre 2001 e 2009, e Jeb Bush, governador da Flórida entre 1999 e 2007.

Marcha no Rio lembra um mês da morte de Marielle
Ela explicou ainda que o ato é para que a memória de Marielle e suas lutas pelos direitos humanos não seja esquecida. A Anistia assinala também que o Brasil é um dos países que mais mata defensores de direitos humanos.

Outras notícias