Cracolândia tem ruas bloqueadas e fogo ateado por usuários de drogas

Confronto cria tumulto na Cracolândia de São Paulo

Atualizado em 13/04/2018 06h57Polícia apreendeu drogas e um fuzil falso perto do local.

Ao menos quatro lojas foram saqueadas e depredadas por um grupo de usuários de drogas na região da cracolândia, no centro de São Paulo, na noite desta quarta (11).

Não se sabe os motivos que levaram ao tumulto, mas informações iniciais mostram que o problema pode ter começado durante uma operação rotineira de limpeza, feita por funcionários da Prefeitura, com apoio de guardas civis metropolitanos.

Mais cedo nesta quinta, houve apreensão de drogas e de duzil dentro de um cortiço. A PM disse que estava no local para dar apoio ao trabalho de contenção do grupo.

A Prefeitura de São Paulo informou, por meio de nota, que três pessoas foram presas por porte de drogas na ação da rua dos Gusmões.

O caso foi registrado no 2º DP (Bom Retiro). Diversos comércios da região foram depredados. Uma lotérica teve equipamentos roubados. A PM constatou nesses locais focos de incêndio e destruição da iluminação pública. A Polícia Militar foi chamada e usou bombas de gás lacrimogênio.

Os militares foram acionados pela Guarda Civil Metropolitana por volta das 20h30 e permanecem na região até o início da madrugada desta quinta-feira, 12, para patrulhamento.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Governo da Síria entra em Douma, local de ataque com armas químicas
Ainda de acordo com a estatal, 110 mísseis foram atirados contra o território sírio , mas a maioria deles foi interceptada. O secretário de Defesa dos Estados Unidos , James Mattis, afirmou que os ataques aéreos contra a Síria foram pontuais.

Para Macron, Conselho de Segurança da ONU deve retomar 'iniciativa'
Para Emmanuel Macron , "os fatos e a responsabilidade do regime sírio" do ditador Bashar al-Assad no ataque químico que matou dezenas de pessoas no último dia 7 de abril em Duma, perto da capital Damasco, "não oferecem nenhuma dúvida".

Trump avisa Rússia para um provável ataque americano à Síria
"A ideia original é usar os mísseis inteligentes para varrer os traços para debaixo do tapete?", perguntou Zakharova. Tanto o governo sírio como os russos negam que o ataque tenha ocorrido.

Candidatos podem fazer provas tanto para PM quanto Bombeiros
Já para os oficiais, o governo pagará R$ 7.089,13 depois que os aprovados no concurso e convocados terminarem o curso de formação. Com 50 vagas na Polícia Militar e 23 no Corpo de Bombeiros, o concurso de oficiais também está com inscrições abertas.

Outras notícias