Governo vai recrutar técnicos para Administração Pública

Centeno diz que

"Bem pode o ministro da Saúde anunciar injeções de capitais, que o senhor ministro das Finanças congela esses pagamentos, que mais não são do que cativações encapotadas", acusou a deputada do CDS, questionando Mário Centeno sobre quais os hospitais que já receberam efetivamente o reforço de verbas que tinha sido anunciado.

Lisboa, 13 abr (Lusa) - O ministro das Finanças, Mário Centeno, apresenta hoje à imprensa, pelas 19:30, o Programa de Estabilidade 2018-2022, no ministério, em Lisboa.

"Vamos, e fazemos nota disso, promover ativamente um processo de recrutamento técnico para a Administração Pública em áreas muito especializadas", disse Centeno. "O governo da república demorou nove meses a criar um grupo de trabalho para o financiamento do novo hospital e neste momento e passados trezes meses o grupo de trabalho apenas reuniu uma única vez e até o representante indicado pelo gabinete do secretário de estado do orçamento já avisou que não vai continuar e está de saída", acrescenta.

Centeno sublinhou ainda que a Função Pública tem vindo "a ter uma atenção muito especial por parte do Governo", justificando que "todos os compromissos assumidos foram cumpridos". "Para este governo, o que interessa é criar a ilusão de que se pretende resolver, foi assim com o subsídio social de mobilidade que continua num grupo de trabalho, mas também é assim com o financiamento do novo hospital", referiu. "E continuamos com uma agenda preenchida", referiu.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Incêndio em Leiria foi planeado um mês antes
O incêndio que devastou, em outubro do ano passado, o Pinhal de Leiria foi planeado um mês antes da tragédia. As reuniões secretas serviram também para acordar os preços da madeira.

Mais de 2,5 milhões de pessoas já pediram isenção da taxa — Enem
Depois de concluir a solicitação, não será possível alterar os dados ou incluir documento para justificar a ausência no Enem 2017. Por último, aparecerá uma tela com o resumo das informações, para serem conferidos pelos candidatos.

Estados Unidos, Inglaterra e França atacam Síria conjuntamente; veja comentários dos presidentes
Até agora, o regime de Assad ainda não se pronunciou oficialmente sobre o ataque. Trump vinha ameaçando há dias uma resposta ao ataque químico na cidade de Duma.

"A Guerra Fria voltou", diz secretário-geral da ONU
António Guterres esteve presente esta sexta-feria na reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas, pedida pela Rússia . A Rússia já respondeu, dizendo que o ataque terá consequências e que apenas piora o desastre humanitário naquele país.

Outras notícias