Moto E5 Plus chega ao Geekbench com 3GB de memória

Moto E5 Plus geekbench

Hoje, o Moto E5 Plus surgiu no Geekbench.

Centrando-nos nos testes de desempenho que são a especialidade do Geekbench este dispositivo obteve a pontuação de 653 pontos nos testes single core e 1835 nos multi-core.

O Moto E5 Plus terá um processador Snapdragon 430, 3GB de RAM e Android 8.0 Oreo. O aparelho também trará uma tela em proporção 18:9.

Até agora não havia muitos detalhes sobre o Moto E5 Plus em termos de especificações ou detalhes de hardware, já que a maioria dos leaks tem girado em torno do fato de que haverá simplesmente uma variante "Plus" e uma variante "Play", juntamente com a versão padrão Moto E5. O benchmark também foi listado como sendo publicado a 12 de abril de 2018, ou seja ontem, o que significa que provavelmente estaremos perante a versão final do equipamento. Como é possível observar na imagem não há sensor de impressões digitais na parte frontal abaixo do ecrã. No entanto não se pode dizer que é surpreendente uma vez que a linha Moto E é o segmento de baixo custo deste fabricante.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Homem atingido por égua em fuga continua em estado grave
Segundo a equipe médica, o animal sofreu traumatismo craniano, mas está em quadro estável e relinchando, o que é um bom sinal. A colisão envolvendo ele, a égua e um automóvel aconteceu na Avenida Lineu de Paula Machado, na Lagoa.

Peritos começam a investigar ataque químico no sábado — Síria
Peritos da Organização para a Proibição das Armas Químicas (OPAQ) estão a caminho da Síria e começam a investigar o alegado ataque químico em Douma no sábado, segundo anunciou a organização.

Putin pede reunião da ONU e condena agressão do Ocidente à Síria
Anatoly Antonov, embaixador russo nos Estados unidos disse que os ataques e todas as consequências recaem sobre os norte-americanos.

Briga acirrada no GP da China
E o britânico tenta ampliar esse retrospecto neste fim de semana e se recuperar dos problemas enfrentados nas etapas anteriores. Já o espanhol Fernando Alonso, quarto colocado do Mundial, levou sua McLaren ao 12º posto, com o tempo de 1min36s044.

Outras notícias