Operação Marquês. Imagens divulgadas "constituem crime", diz ministra da Justiça

Sócrates clama por inocência

A ministra da Justiça afirmou hoje que a divulgação de imagens de interrogatórios do processo Operação Marquês "constituem crime" e que o Ministério Público tomará "as iniciativas necessárias" para "reprimir a ilegalidade".

Além de Sócrates, estão acusados o empresário Carlos Santos Silva, amigo de longa data e alegado 'testa de ferro´ do antigo líder do PS, o ex-presidente do BES Ricardo Salgado, os antigos administradores da PT Henrique Granadeiro e Zeinal Bava e o ex-ministro e antigo administrador da CGD Armando Vara, entre outros.

Durante uma conferência de imprensa, o arguido principal da 'Operação Marquês' mostrou-se indignado com o sucedido e acusou ainda o Ministério Público e o juiz de instrução (MP) de serem complacentes com a "campanha de difamação" do qual diz ser alvo nos últimos quatro anos.

A difusão das imagens gerou várias críticas dentro do meio judicial.

Como assistente deste inquérito, José Sócrates terá a oportunidade de conhecer as diligências do Ministério Público em primeira mão e de tomar posição sobre elas.

Esta situação motivou também uma reação da Ordem dos Advogados, que repudiou a transmissão das reportagens.

O processo não se encontra em segredo de justiça desde o final de 2015.

Os advogados dos arguidos também já começaram a exigir que fossem apuradas responsabilidades: a defesa de Ricardo Salgado já requereu ao DCIAP a abertura de um processo-crime a propósito da divulgação dos vídeos dos interrogatórios.

"Não há ainda uma decisão de natureza política e na devida altura as estruturas representativas das magistraturas serão chamadas a pronunciar-se", disse Francisca Van Dunem.

As defesas de José Sócrates e de Ricardo Salgado tinham pedido que as escutas de conversas relativas ao ex-primeiro-ministro e ao banqueiro fossem consideradas nulas devido à presença de um vírus informático, mas o juiz Carlos Alexandre decidiu esta semana manter as escutas como válidas. "A acusação está, portanto, baseada num erro e numa falsidade".

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Com Guerra vetado, Roger Machado promove mudanças no time do Palmeiras
O zagueiro Thiago Martins e o meia Lucas Lima trabalharam em times formados por jogadores que geralmente são reservas. De fato, o Lucas nos últimos jogos não está no mesmo nível de antes, mas é um atleta em quem confiamos bastante.

Cruzeiro e Taubaté decidem finalista
Do outro lado, o antes ídolo e agora rival Wallace espera aproveitar a oportunidade para selar a classificação diante da torcida. Numa decisão assim, ter um time experiente e acostumado a jogos sob pressão é importante e nós temos um time com atletas assim.

Ederson é relacionado para partida contra o América-MG
Como o jogo contra o Flamengo é fora de casa, o time mineiro também vai ter que se fechar muito bem para não dar espaço. Após sentir dores na coxa direita, o meia realizou exames no Ninho do Urubu, nesta sexta, e foi constatada a lesão.

Prazo para conclusão de acordo com Samarco é prorrogado a junho — Vale
A entrega e as alterações anteriores nas datas foram homologadas pela Justiça com a participação das empresas e do MPF. Entre os pontos do acordo está o diagnóstico final de danos sócioeconômicos causados pelo rompimento da represa.

Outras notícias