Papa pede o fim do "extermínio" na Síria

Papa batiza migrante

O papa Francisco apelou hoje à paz na Palestina, dois dias depois de confrontos na Faixa de Gaza ter provocado a morte a 15 palestinianos.

"[A crença] produz frutos de esperança e dignidade onde há privação e exclusão, fome e desemprego; onde há migrantes e refugiados, tantas vezes rejeitados pela cultura atual do desperdício; onde há vítimas do tráfico de drogas, tráfico humano e formas contemporâneas de escravidão", disse o Papa Francisco a 80 mil fiéis na Praça de São Pedro, no Vaticano, Roma.

"É a força do grão de trigo, a do amor que se humilha e oferece até ao fim e que verdadeiramente renova o mundo".

Na mensagem de Páscoa, Francisco implorou que fossem semeados os "frutos de reconciliação" na Terra Santa, "ferida, também nestes dias, por conflitos abertos que não poupam os indefesos, para o Iémen e para todo o Médio Oriente, a fim de que o diálogo e o respeito mútuo prevaleçam sobre as divisões e a violência".

O sumo pontífice pediu paz para "todo o mundo, a começar pela amada e tão sofrida Síria, cujo povo está exausto pela aparente guerra sem fim".

"Nesta Páscoa, a luz de Cristo Ressuscitado ilumine as consciências de todos os responsáveis políticos e militares, para que se ponha imediatamente termo ao extermínio em curso, respeite o direito humanitário e se garanta o acesso às ajudas de que têm urgente necessidade estes nossos irmãos e irmãs, assegurando ao mesmo tempo condições adequadas para o regresso de quantos foram desalojados", disse.

O papa pediu ainda ajuda humanitária para a Venezuela, onde a crise económica está a levar milhares de venezuelanos a deixar o país, e paz para a República do Congo. "Não esqueçamos as vítimas daquele conflito, sobretudo as crianças!", apelou. "Que os que têm responsabilidades diretas atuem com sabedoria e discernimento para promover o bem do povo coreano e para gerar confiança na comunidade internacional", afirmou.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Thiago Neves e Otero adotam "provocação comedida" em final do Mineiro
A má atuação no primeiro tempo e os três gols provenientes de bola parada deixaram o time comandado por Mano Menezes atônito. Gols: Ricardo Oliveira (36'/1ºT)(1-0), Adilson (41'/1ºT)(2-0), Ricardo Oliveira (45' /1º)(3-0), Arrascaeta (37'/2ºT) (3-1).

Policial é morto em tentativa de assalto na zona norte do Rio
O subtenente é o 31º policial a ser assassinado no Estado do Rio de Janeiro neste ano. Atingido na cabeça, o militar chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

Sissi é reeleito presidente do Egito com 97,08% dos votos
Abdel Fatah al-Sissi foi reeleito presidente do Egito com 97% dos votos, de acordo com o anúncio feito pela comissão eleitoral nesta segunda-feira (2).

Morre Winnie Mandela, ícone da luta antiapartheid
O porta-voz da família, Victor Dlamini, informou que ela morreu em um hospital de Joanesburgo depois de "uma longa doença". Entretanto, o casamento de Winnie e Nelson começou a deteriorar-se nos primeiros anos de liberdade do ativista.

Outras notícias