Papa pede perdão por subestimar acusações de abusos sexuais no Chile

O Papa Francisco em audiência semanal na Praça de São Pedro no Vaticano- TIZIANA FABI  AFP

Na altura, a igreja católica foi acusada de encobrir os casos de abuso sexual.

Bispo de Osorno, Juan de la Cruz Barros Madrid, 61 anos, é acusado de acobertar casos de pedofilia envolvendo o padre Fernando Karadima, 87. E garante que irá pedir desculpa às vítimas.

"No que me toca, reconheço, e assim quero que o transmitam fielmente, que caí em graves erros de avaliação e percepção da situação, especialmente por falta de informação veraz e equilibrada".

Num comunicado especial emitido esta quarta-feira, 11 de abril, Francisco também convocou os bispos do Chile para uma reunião de emergência a realizar nas próximas semanas no Vaticano.

Foi em meados de janeiro que a polémica surgiu, na sequência de uma visita de Francisco ao Chile.

Francisco também anunciou que tomará medidas em "curto, médio e longo prazo", para "reparar o que for possível no escândalo e restabelecer a justiça".

O Papa defende que será necessário trabalhar em conjunto para "recuperar a confiança na Igreja, confiança que foi quebrada pelos nossos erros e pecados, e curar as feridas que continuam a sangrar na sociedade chilena".

O padre era um dos colaboradores mais próximos de Juan Barros, sendo até considerado um "protegido" daquele bispo. Além disso, era secretário particular do então arcebispo de Santiago, Juan Francisco Fresno. Contudo, Barros sempre negou ter conhecimento dos atos praticados por Karadima. Após sua passagem pelo Chile, Francisco, que havia sido criticado até por um cardeal, o norte-americano Sean O'Malley, pediu desculpas às vítimas por suas declarações.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Neymar arremata joia para Marquezine em leilão de gala
O leilão foi realizado em São Paulo, na casa do empresário Dinho Diniz . Uma mesa com 12 lugares custava cerca US$ 100 mil (R$ 342 mil).

Barcelona x Valencia: Saiba como assistir ao jogo AO VIVO na TV
Mesmo em desvantagem, o Valencia conseguiu criar algumas boas oportunidades e deu trabalho ao Barcelona , mas parou em Ter Stegen. Mesmo com a vantagem, o Barcelona seguiu apagado, enquanto o Valencia foi para cima e passou a pressionar.

Incêndio em Leiria foi planeado um mês antes
O incêndio que devastou, em outubro do ano passado, o Pinhal de Leiria foi planeado um mês antes da tragédia. As reuniões secretas serviram também para acordar os preços da madeira.

Rússia falha na ONU em tentativa de criar novo inquérito na Síria
O embaixador russo nos Estados Unidos , Anatoly Antonov, afirmou, em comunicado, que o ataque "não ficará sem consequências". Este ataque "também acrescenta fatores novos e complicados para a solução da questão síria", acrescentou a porta-voz.

Outras notícias