Peritos começam a investigar ataque químico no sábado — Síria

Bachar al-Jaafari embaixador sírio na ONU em reunião do Conselho de Segurança em 9 de abril.                  REUTERS  Brendan McDermid

Esse trabalho passará por recolher "amostras químicas, ambientais ou biomédicas", questionar vítimas, testemunhas e pessoal de saúde ou mesmo participar em autópsias, segundo a organização. "Vão assegurar a ordem e a distribuição de ajuda e estão preparados para permitir que a OPAQ cumpra a sua missão", assinala o texto.

Um relatório final será publicado 30 dias depois do final da missão.

Peritos da Organização para a Proibição das Armas Químicas (OPAQ) estão a caminho da Síria e começam a investigar o alegado ataque químico em Douma no sábado, segundo anunciou a organização.

Seja sempre o primeiro a saber.

A Síria convidou hoje a Opaq a enviar uma equipe de investigadores a Douma para, segundo o regime, responder "à campanha de difamação lançada por vários Estados ocidentais" contra o país árabe, acusada de lançar o suposto ataque químico contra civis nessa cidade.

Mais de 40 pessoas morreram no sábado num ataque contra a cidade rebelde de Douma, em Ghouta Oriental, que segundo organizações não-governamentais no terreno foi realizado com armas químicas.

Nenhuma outra fonte confirmou que se tratou de um bombardeio com armamento químico e tanto o governo sírio como a Rússia, aliada do regime do líder sírio, Bashar al Assad, negaram o emprego deste tipo de armas em Douma.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Ataque na Síria 'não ficará sem resposta', diz Rússia
A proposta de resolução sueca para uma missão de desarmamento químico na Síria não foi discutida durante a reunião, afirmou.

Briga acirrada no GP da China
E o britânico tenta ampliar esse retrospecto neste fim de semana e se recuperar dos problemas enfrentados nas etapas anteriores. Já o espanhol Fernando Alonso, quarto colocado do Mundial, levou sua McLaren ao 12º posto, com o tempo de 1min36s044.

Coringa finalmente apareceu na série "Gotham" e fãs vibram
Ao chegar ao seu escritório, ele encontra um último presente de Jerome: uma caixa-surpresa contendo um gás bem conhecido pelos fãs.

Jair Bolsonaro é denunciado ao Supremo por crime de racismo
Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. Seu filho , o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), também foi denunciado por ameaçar uma jornalista .

Outras notícias