PF faz operação de combate ao contrabando de cigarros

PF faz operação para combater o contrabando de cigarros

As investigações, que ocorrem desde agosto de 2017, revelaram que a quadrilha sonegava mais de R$ 14 milhões em impostos e lucrava R$ 2 milhões com a venda ilegal dos cigarros. Também eram alvo de buscas duas lojas de revenda de veículos que serviam de fachada para o contrabando.

Com as prisões e apreensões, as organizações criminosas tiveram um prejuízo de mais de R$ 13 milhões.

A operação, batizada de Homônimo, cumpre mandados em Sorocaba, Jundiaí, Piracicaba, Várzea Paulista, Cesário Lange, São Paulo, Linhares (ES), Umuarama (PR), Naviraí (MS) e Iguatemi (MS). Entre os presos está um policial militar rodoviário, suspeito de facilitar o transporte dos produtos, que foi encaminhado ao presídio Romão Gomes na capital.

Algumas pessoas detidas nesta terça já haviam sido investigadas na Operação Mandrin, deflagrada em 2007, pela prática do mesmo tipo de crime.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

PSG disposto a fazer proposta "estratosférica" por Casemiro
O clube francês está disposto a cometer uma loucura para contratar o jogador do Real Madrid, avança o 'As' esta terça-feira. Com contrato até 2021 , o meio-campista já conversa com a diretoria merengue em relação a uma renovação contratual.

Garoto pergunta ao Papa se seu pai ateu estaria no Céu
Ao ver o pranto do menino, o Papa o recebeu com um abraço e pediu com afeto que ele fizesse a sua pergunta ao seu ouvido. Apesar das suas crenças, o pai de Emanuele batizou-o e aos seus três irmãos, dois rapazes e uma rapariga.

Dona Ivone Lara é internada na Zona Sul do Rio de Janeiro
De acordo com informações do UOL , a cantora lutava contra uma infecção renal, com complicações causadas pela idade. Em agosto de 2017, ela chegou a ser internada depois de apresentar uma crise de hipoglicemia.

Motorista de Uber é agredido e esfaqueado por taxista em Cuiabá
Segundo a Polícia Militar (PM), dois homens armados teriam rendido o motorista de um carro Linea e levado como refém. A confusão generalizou quando, segundo a vítima, outros taxistas também o agrediram com socos e chutes.

Outras notícias