Rússia falha na ONU em tentativa de criar novo inquérito na Síria

Ataque químico na Síria em 2018

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) vai se reunir neste sábado, a pedido da Rússia, após os ataques realizados na última passada pelas forças armadas de EUA, França e Reino Unido a alvos sírios, informou um diplomata da ONU.

O embaixador russo nos Estados Unidos, Anatoly Antonov, afirmou, em comunicado, que o ataque "não ficará sem consequências".

O projeto norte-americano, que propunha a criação, por um ano, de um novo "mecanismo independente de investigação das Nações Unidas" sobre o uso de armas químicas na Síria, recebeu 12 votos a favor, dois votos contra (Rússia e Bolívia) e uma abstenção (China).

Segundo uma fonte diplomática, "não houve aproximação" de posições na reunião de peritos dos 15 países membros do Conselho de Segurança que se realizou na segunda-feira para tentar encontrar um consenso. Depois, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, negou ser intenção de Trump reagir aos ataques de forma bélica e intensiva na Síria. "A Rússia, da maneia mais séria, condena o ataque à Síria, onde militares russos ajudam o governo legítimo a combater o terrorismo".

A OPAQ, organização internacional de controlo do armamento químico, anunciou hoje que as análises feitas por quatro laboratórios a amostras biológicas e ambientais?confirmam as conclusões do Reino Unido relativamente à identidade do químico que foi usado em Salisbury?.

O ataque em que um gás tóxico teria sido utilizado aconteceu no sábado e deixou dezenas de mortos e feridos. Eles acusam o regime de Assad de lançar um barril-bomba com substâncias químicas venenosas contra civis. A cidade, que é a maior dessa região, é um dos últimos redutos dos combatentes que lutam contra Assad.

Este ataque "também acrescenta fatores novos e complicados para a solução da questão síria", acrescentou a porta-voz.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Botafogo vira sobre o Audax Italiano com gol no fim
O jogo de volta está marcado para o dia 9 de maio, no Estádio Nilton Santos, com o Alvinegro podendo até mesmo perder por 1 a 0. Quando o jogo se encaminhava para o empate, Gílson avançou pela esquerda e cruzou para Pimpão aparecer na área e virar o jogo.

Estados Unidos, Inglaterra e França atacam Síria conjuntamente; veja comentários dos presidentes
Até agora, o regime de Assad ainda não se pronunciou oficialmente sobre o ataque. Trump vinha ameaçando há dias uma resposta ao ataque químico na cidade de Duma.

Homem atingido por égua em fuga continua em estado grave
Segundo a equipe médica, o animal sofreu traumatismo craniano, mas está em quadro estável e relinchando, o que é um bom sinal. A colisão envolvendo ele, a égua e um automóvel aconteceu na Avenida Lineu de Paula Machado, na Lagoa.

Lisboa com mais radares e 120 câmaras de vigilância nos semáforos
Neste momento, Lisboa tem 21 radares e este número deverá ser reforçado, mas ainda não se sabe em quantos. Na implementação das câmaras de vigilância está previsto um aumento de cerca de cinco milhões de euros.

Outras notícias