Sheik confirma conversas por renovação: "vim porque amo o Corinthians"

Emerson Sheik fala sobre permanência no Corinthians: 'Sou apaixonado pelo clube'

Amigo pessoal do presidente Andrés Sanchez e do técnico Fábio Carille, Sheik preferiu desconversar sobre o novo contrato, a fim de não diminuir o impacto com a notícia, que será anunciada de forma oficial pelo Corinthians em breve.

Depois de entrar no segundo tempo do duelo diante do Fluminense, na tarde deste domingo, para substituir o meio-campista Mateus Vital, o jogador concedeu entrevista e se mostrou consciente do iminente fim de parceria. Depois do triunfo por 2 a 1, neste domingo em Itaquera, ele confirmou as conversas com o clube para ampliar o vínculo válido até o fim do semestre.

"15, 20, 25. não importa os minutos, tem que ajudar, contribuir, todos entendem dessa forma". Depois partida, o experiente atacante Emerson Sheik, autor da assistência para o gol da vitória alvinegra, aproveitou para relevar que ligou e pediu desculpas ao atacante Dudu, do Palmeiras, pelas provocações após o título do Paulistão. Quando cheguei, falei que não queria me aposentar, até porque não tinha passado pela minha cabeça. "Vim porque eu amo o Corinthians, gosto daqui, poderia ter ficado no Rio curtindo a minha vida com meus filhos", declarou Emerson.

O acerto foi amarrado entre Sheik e Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Timão, na semana da final do Paulistão. "Já surgiram algumas conversas", disse. "É um assunto que precisamos sentar e conversar", acrescentou. A tendência é que Sheik assine nas próximas semanas para permanecer, inicialmente, até dezembro. Com a conquista do título estadual em cima do Palmeiras, nos pênaltis, a convicção de que o veterano, de 39 anos, merecia continuar ganhou ainda mais defensores dentro do clube.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Policial morto na região metropolitana do Rio será enterrado hoje
Pelo menos dez pessoas foram presas e quatro pistolas apreendidas, além de drogas. Ele é o 36º policial militar assassinado, somente este ano, no Estado do Rio.

Presidente do grupo WPP deixa funções sob alegações de má conduta
O britânico, que é um dos maiores acionistas individuais e tem participação de 1,46% no grupo, nega ter cometido irregularidades. Trajetória .Aos 73 anos, Sorrell é um dos nomes mais importantes no mercado de comunicação.

Coreia do Norte recebe representantes do governo chinês
Enquanto o país se prepara para as cimeiras históricas com a Coreia do Sul e os Estados Unidos, a decoração de propagandística foi evitada.

Exército sírio anuncia reconquista total de Guta Oriental, último reduto rebelde
Nessa sexta, EUA, França e Reino Unido lançaram um ataque contra instalações da Síria em retaliação ao suposto ataque químico. O Exército sírio anunciou ter reconquistado integralmente o reduto rebelde em Ghouta Oriental, perto de Damasco.

Outras notícias