Golpe de Michel Temer se supera com 27,7 milhões de brasileiros desempregados

IBGE Falta trabalho para 27,7 milhões brasileiros

Já o índice de ocupação em Alagoas encolheu 3,2% no primeiro trimestre deste ano, em comparação com igual período do ano passado: saiu de 1,026 milhão de trabalhadores para 948 mil - uma diferença de 78 mil pessoas.

Conforme o instituto, a população desalentada do Amazonas informou que deixou de procurar emprego porque "não conseguia trabalho adequado, ou não tinha experiência ou qualificação, ou era considerado muito jovem ou idosa, ou não havia trabalho na localidade em que residia - e que, se tivesse trabalho, estaria disponível para assumir a vaga". O dado faz parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua Trimestral, que detalha as informações sobre o mercado de trabalho. Foi a maior taxa da série histórica iniciada em 2012.

No 1º trimestre, a população de desalentados no país atingiu a marca de 4,6 milhões, 1 recorde histórico do levantamento.

A massa de rendimento real habitual das pessoas ocupadas em todos os trabalhos no Ceará cresceu 9% ao passar de R$ 4,438 bilhões no primeiro trimestre de 2017 para R$ 4.838 no primeiro trimestre deste ano.

O IBGE já tinha divulgado em 27 de abril que a taxa de desemprego no primeiro trimestre de 2018. Os números reúnem os desempregados, aqueles que trabalham menos de 40 horas semanais e os que não estão procurando emprego por motivos diversos.

O restante dos trabalhadores subutilizados são aqueles que podem trabalhar, mas não têm disponibilidade. No primeiro trimestre de 2018, a taxa de desocupação no Espírito Santo foi de 12,5%.

Segundo Azeredo, apesar da redução do desemprego observada em relação ao primeiro trimestre de 2017, o cenário é preocupante, pois "essa redução do desemprego se dá em função do aumento das outras formas de subutilização".

Já os trabalhadores aproveitados no setor privado, mas que não têm carteira assinada, contabilizam 128 mil pessoas, perfazendo uma queda de 3,5% em comparação com o mesmo período de 2017. No entanto, parte dessa queda é explicada pelo avanço da força de trabalho subutilizada no Brasil, explica Azeredo. Chegou a 10,5% no Centro-Oeste, 12,7% na região Norte e 13,8% no Sudeste. As taxas maiores de desocupação foram registradas no Amapá (21,5%), Bahia (17,9%), Pernambuco (17,7%), Alagoas (17,7%) e Maranhão (15,6%). As pessoas que procuravam emprego havia menos de um mês somava 2 milhões. A taxa de desemprego, não costuma refletir imediatamente os movimentos de desaceleração da economia, assim como é típico que mostre aumento do desemprego quando uma retomada inicia seu curso.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Prazo de inscrições para o Enem 2018 termina amanhã
Na inscrição , é preciso informar CPF próprio, telefone celular e e-mail (dados usados para recuperação de senha). Ela será necessária, por exemplo, para acessar o cartão de confirmação e os resultados da prova.

MPF aponta envolvimento de dois baianos com o Estado Islâmico
A maioria deles não se conhecia pessoalmente e alguns acusados negam envolvimento com o Estado Islâmico ou atividades criminosas. O título dessa comunidade virtual, que tinha 43 integrantes, era "Estado do Califado no Brasil ".

Município de Oliveira do Hospital assinala o Dia Internacional dos Museus
Além da gratuidade, quem doar um agasalho no dia da visitação ganha também o passaporte dos museus , que garante uma entrada gratuita nos museus que integram o Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP) em qualquer dia da semana.

Buffon anuncia saída da Juventus após 17 anos na equipe: "Fantástica aventura"
O histórico goleiro fará seu último jogo com a camisa alvinegra no próximo sábado, contra o Verona, pelo Campeonato Italiano . Sem confirmar a sua aposentadoria dos gramados, o goleiro já é especulado em outros clubes.

Outras notícias