Ministro do STJ nega continuidade a pedido de liberdade de Lula

Heuler Andrey  AFP

O Ministro Félix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), rejeitou novamente um pedido de liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Fischer já havia negado um pedido de liminar para evitar a prisão.

O ministro, que é relator da operação Lava Jato no STJ, decidiu arquivar a ação por considerar que o pedido perdeu o objeto, já que o último recurso do ex-presidente foi julgado em segunda instância.

Ainda cabe recurso da defesa do petista contra a decisão de Fischer.

Lula está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 7 de abril, onde cumpre pena de 12 anos e um mês de reclusão pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva pelo caso do triplex do Guarujá.

Preso desde o dia 7 abril após condenação em segunda instância, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva segue tentando sair da cadeia.

Felix Fischer foi o relator original do primeiro pedido preventivo de liberdade de Lula feito ao STJ ao final de janeiro.

No pedido, os advogados do ex-presidente defenderam que ainda tinham direito de apresentar recursos contra a condenação. Lá, em 6 de março, os cinco ministros da turma negaram, unanimemente, o habeas corpus do ex-presidente. A defesa de Lula agora foca nos recursos especial e extraordinário, julgados respectivamente no STJ e no STF. "Vamos continuar a luta agora nos recursos especial e extraordinário, que permitirão ao Supremo um exame mais concreto e substancioso do processo", comentou Sepúlveda na ocasião.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Mulher morre após fazer duas cirurgias plásticas; polícia abre inquérito para investigar
Mas, o local não possui ala de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e a jovem foi transferida para outra unidade hospitalar. Daniele deixou uma filha de quatro anos. "Ela era muito feliz, cheia de vida", lamentou a amiga.

Futebol Diogo Costa renova com o FC Porto até 2022
Na temporada que agora terminou, Diogo Costa realizou 34 jogos pela equipa B do FC Porto e outros dez pelos sub-19 dos azuis e brancos.

Passados três meses, José Peseiro está perto da saída
Ao serviço dos vimaranenses, Peseiro cumpriu 10 partidas, tendo vencido quatro, perdido outras tantas e somado dois empates. O técnico confirmou a saída do comando técnico dos vitorianos, nesta terça-feira.

Adeptos detidos após agressões a jogadores e treinadores do Sporting
A imprensa portuguesa chegou a mostrar imagens de lesões na cabeça de Dost e no corpo de Monteiro. Entretanto, a GNR confirmou ao i que 20 pessoas foram identificadas e várias foram detidas.

Outras notícias