Mulher é encontrada decapitada com os braços amarrados para trás

Execução corpo de mulher decapitado é encontrado em bairro de Campo GrandeNão há identidade da vítimaPolícia
Thatiana Melo e Mariana Rodrigues
Em 07h01- 14/05

Joice Viana de Amorim, 21, foi encontrada decapitada na manhã desta segunda-feira (14), em Campo Grande, na região do Santa Emília, com as mãos amarradas. A vítima está sem documentos não sendo possível sua identificação.

Conforme o delegado, a suspeita é de que a mulher tenha sido morta na noite de domingo (13) em outro local e deixada onde foi encontrada.

A mulher foi morta durante a madrugada e provavelmente o corpo foi desovado no local sendo que as informações são dos oficiais que integram o SIG (Setor de Investigações de Gerais),. O rosto da mulher estava bastante machucado.

Do ano passado para cá, sete pessoas foram decapitadas na Capital pelo "tribunal do crime", julgamentos orquestrados por facções criminosas.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Reforma Trabalhista vale para contratos velhos e novos
O fim da contribuição sindical obrigatória é um deles e já teve reflexos na arrecadação dos sindicatos, que caiu 80%. O ministro Edson Fachin, por outro lado, defendeu a inconstitucionalidade das mudanças na lei trabalhista.

Neymar é liberado para retornar aos treinos do Paris Saint-Germain
Na Granja Comary, sua carga de treinos vai aumentar progressivamente. "Isso precisa ser acompanhado de uma maneira bem próxima". O astro também continua no olho do furacão da próxima janela de transferências.

PM e bandidos morrem durante assalto a ônibus que vinha para Brasília
Outros dois passageiros também ficaram feridos e foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Luziânia. Após o ocorrido, o ônibus parou em um posto que fica nas proximidades onde acionou o socorro.

Enviado da ONU responsabiliza Israel e Hamas por "tragédia"
O líder palestino Mahmoud Abbas, como resultado do derramamento de sangue da segunda-feira (14), declarou um luto de três dias. Segundo o Ministério da Saúde de Gaza, até um recém-nascido morreu após inalar gás lacrimogêneo durante a ofensiva.

Outras notícias