Policial civil mata mulher, duas filhas e se mata em Santa Luzia

Policial civil mata mulher, duas filhas e se mata em Santa Luzia

Mãe e duas filhas foram encontradas mortas na sacada do segundo andar da casa.

O caso aconteceu na madrugada de terça-feira (15), em Santa Luzia, em Belo Horizonte.

A Polícia Civil informou que Paulo estava preso na Casa de Custódia da Polícia Civil desde julho do ano passado, sob suspeita de abusar das irmãs.

Um policial de 40 anos, matou uma mulher, as duas filhas dela e depois cometeu suicídio. Ele disparou contra a cabeça das vítimas e em seguida se matou. Apesar de a adolescente e a jovem terem acusado o homem de estupro, a motivação do triplo homicídio será investigada pelo Departamento Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Logo depois ele já se deparou com o autor armado dentro de casa.

Segundo informação da polícia, o companheiro de Luciana Carolina Petronilho, de 40 anos, contou que a família estava dormindo quando Paulo José Oliveira, também de 40, arrombou o portão e ordenou que ele e a filha mais velha de Luciana saíssem. Os peritos que atuaram no caso também encontraram em um dos quartos uma substância semelhantes a maconha, além de um triturador de drogas e um papel que seria usado para embalar substâncias entorpecentes.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Mulher confunde linguiça com cobra e aciona Corpo de Bombeiros
Contudo, quando os militares chegaram à residência no Bairro Maria Eugênia, perceberam que se tratava de uma linguiça. O nome da moradora foi mantido em segredo a pedido dela, que agora teme ser alvo de comportamento vexatório.

Comissão espera contar com Neymar nos amistosos antes da Copa
Neymar voltou a treinar no PSG no último fim de semana e trabalhará com bola gradativamente. Neymar atualmente está em Paris e frequenta as atividades no Paris Saint-Germain.

Estreia de 'Segundo Sol' movimenta as redes sociais
Laureta repreende Karola por se atrasar para a cerimônia fúnebre de Beto. Durante o funeral, Karola anuncia que está esperando um filho de Beto.

PF prende delator da Lava Jato em operação contra lavagem de dinheiro
Segundo o UOL, a polícia federal o aponta 'Cabeça Branca' como o maior traficante de drogas do Brasil e um dos maiores do mundo. Os presos serão conduzidos à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba onde permanecerão à disposição da Justiça Federal.

Outras notícias