Presidente do INSS é demitido por contratar empresa com sede em depósito

Francisco Lopes tomou posse na presidência do INSS no início de dezembro do ano passado- ARQUIVO JCS  EMÍDIO MARQUES 02/09/2011

O ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, exonerou o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Francisco Lopes. Servidor do STJ (Superior Tribunal de Justiça), atuou na Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social) antes de assumir a gestão do INSS. A demissão deve ser formalizada e publicada no "Diário Oficial da União".

Segundo o jornal, o contrato no valor de R$ 8,8 milhões foi assinado mesmo após parecer de técnicos do INSS indicar que os programas de computador oferecidos pela RSX não terem utilidade para o órgão.

Segundo a reportagem, Francisco Lopes admitiu ter autorizado o gasto milionário sem verificar a procedência da empresa contratada. O órgão diz ainda que foi determinada abertura de diligências para esclarecer todos os fatos. A companhia funcionava em uma loja destinada à venda de bebidas, em Brasília. "Eu determinei (após a apuração de O GLOBO) uma diligência no contrato, e que eles peçam o currículo de todas as pessoas que vão trabalhar no nosso contrato, se elas têm vínculo com a empresa e qual a capacidade técnica deles", disse Lopes. No cenário encontrado pelo GLOBO, engradados de água mineral divide as prateleiras com garrafas de vinho enquanto uma funcionária se reveza entre o atendimento do telefone e a organização do pequeno estoque de rótulos de tintos numa acanhada sala comercial, no térreo de um prédio residencial, em Brasília. Os textos tendenciosos divulgados até agora têm o objetivo claro de impor ares de ilegalidade a processos públicos legais de licitação e de contratação de nossos produtos e serviços. "Nós somos distribuidores da solução", afirmou a "O Globo" Raul Maia, um dos donos da RSX. Lopes é suspeito de contratar a RSX Informática Ltda.com o objetivo de fornecer programas de computador para o instituto. O contrato foi feito por meio de uma ata de preços, uma modalidade de compra do governo que dispensa licitação.

A área técnica do INSS chegou a alertar Francisco Lopes sobre o contrato quando verificou o tipo de programa de computador e o volume de recursos envolvidos.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

PF diz que caixa 2 financiou reforma do sítio de Atibaia
A acusação se reportou a 7 contratos específicos da Petrobras, nenhum deles analisado pelo laudo pericial. Para os peritos, os valores são oriundos de dinheiro de obras da Petrobras .

Grupo de Lima faz último pedido por suspensão de eleição na Venezuela
O Grupo de Lima foi formado em agosto de 2017 para avaliar a situação na Venezuela e buscar uma solução diplomática para a crise no país.

Governo Temer abraça pauta LGBT e obriga estados aderirem ao programa
A abertura está marcada para esta terça-feira (15) quando serão relatadas as ações desenvolvidas. Uma das demandas apresentadas pelos estados é a destinação de recursos para execução das ações.

Nokia X6 é lançado oficialmente; confira as especificações e preços
O display é o primeiro da HMD a vir com o entalhe e conta com 5,8 polegadas na proporção 19:9 e resolução FHD+ de 2280 x 1080. O aparelho foi lançado hoje na China, confirmando muitas das características que já vimos em vazamentos anteriores.

Outras notícias