Presidente do Palmeiras é suspenso por declarações na final do Paulista

Por causa disso, nesta terça (15), ele foi suspenso por 45 dias pelo Tribunal Desportivo de Justiça de São Paulo (TJD-SP) e o clube recebeu multa de 10 mil reais. Instantes após a conquista do Corinthians, Galiotte sugeriu influência da arbitragem no resultado e se referiu ao campeonato como "Paulistinha".

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Ele foi punido por "desrespeitar membros da equipe de arbitragem ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões" na entrevista que deu logo após a final do Paulistão, em 8 de abril. "Ele teve uma reunião dentro de campo, uma vergonha, para nós e para o futebol brasileiro", disse na ocasião o presidente palmeirense, que rompeu com a Federação Paulista e assim nem mesmo compareceu e/ou se defendeu no julgamento desta terça-feira. O Corinthians venceu nos pênaltis e ficou com o bicampeonato do estadual.

Dois dias após a final, o Palmeiras lançou um vídeo afirmando que tinha provas irrefutáveis de interferência externa na decisão e fez o pedido de impugnação da partida. O Verdão, então, entrou com um mandado de garantia para que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) obrigue o TJD-SP a analisar o mérito.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Jogo Monagas-VEN x Grêmio AO VIVO online pela Taça Libertadores 2018
O Tricolor visita o Monagas pela quinta rodada do Grupo 1, às 21h30, no estádio Monumental de Maturín, em Maturín-VEN. O volante Arthur e o atacante Everton tiveram confirmadas lesão muscular e devem desfalcar a equipe por três semanas.

Futebol Diogo Costa renova com o FC Porto até 2022
Na temporada que agora terminou, Diogo Costa realizou 34 jogos pela equipa B do FC Porto e outros dez pelos sub-19 dos azuis e brancos.

Passados três meses, José Peseiro está perto da saída
Ao serviço dos vimaranenses, Peseiro cumpriu 10 partidas, tendo vencido quatro, perdido outras tantas e somado dois empates. O técnico confirmou a saída do comando técnico dos vitorianos, nesta terça-feira.

Exploração sexual nas BRs: pontos vulneráveis no Piauí diminuem 61%
Depois do Ceará, os estados com maior número de pontos críticos são Goiás (55), Pará (52), Minas Gerais (48) e Paraná (29). Na sequência, vêm as regiões Nordeste (de 475 para 644) e Sul (de 448 para 575), com altas de 35% e 28%, respectivamente.

Outras notícias