Simulador de corrida Project Cars vai ganhar uma versão mobile

A onda dos jogos mobile não para agora é a vez de Project Cars

Parece que o reinado absoluto de Real Racing 3, pode estar ameaçado.

Project Cars GO será desenvolvido pela Gamevil e promete trazer fielmente a ação das corridas de Project Cars para os celulares, que segundo o anuncio será "um autêntico e divertido jogo de corridas mobile". O último jogo da franquia de simulação da Electronic Arts chegou aos celulares há cinco anos, em 2013, mas ainda hoje recebe atualizações.

O jogo irá se chamar Project Cars GO e ficará a cargo da produtora Slightly Mad Studios, que é ninguém menos que a produtora que cuida do game nos consoles e PC. "O Project CARS GO apresentará uma série de veículos licenciados e opções de customização de carro profundo que trarão a autenticidade e a sensação do Project CARS para dispositivos móveis". Resta saber se a Slightly Mad seguirá essa mesma proposta ou apostará em uma estratégia diferente.

Segundo o diretor da Slighty Mad, Ian Bell, "Project CARS GO colocará os jogadores no cockpit para sentir a adrenalina dos jogos de corrida de uma maneira totalmente nova". Uma data de lançamento não foi revelada.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Morre a atriz brasileira Eloísa Mafalda (com vídeo)
Os filhos da atriz comunicam com pesar a morte da mãe e informaram que o enterro será em Jundiaí, no interior de São Paulo. Relembre a carreira da atriz! Antes de descobrir a vocação para os palcos foi nadadora e chegou a ganhar algumas medalhas.

Bruno de Carvalho (desmente que) suspendeu Jorge Jesus
O presidente do Sporting negou hoje que alguém tivesse sido suspenso no clube, contrariando as notícias que davam conta da suspensão e de um processo disciplinar ao treinador da equipa principal de futebol, Jorge Jesus .

Iluminação amarela do Karnak alerta sobre segurança no trânsito
A Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) vai distribuir rosas amarelas em comemoração ao Dia das Mães, neste domingo (13).

Governo de MT irá recorrer para garantir pagamento do RGA
Em 2015, o reajuste aos servidores por perdas inflacionárias foi de 6,23% e, em 2016, chegou a 11,28%. O reajuste é calculado com base na inflação anual.

Outras notícias