"Tive o sentimento de alguém vexado" — Agressões em Alcochete

Marcelo Rebelo de Sousa não confirma se vai à final da Taça

Questionado sobre se há condições para a realização da final da Taça de Portugal em segurança, o chefe de Estado disse que não se pode substituir às instituições com responsabilidades nessa matéria, dizendo acreditar que cada um fará o que tem de fazer no seu âmbito de actividade.

"Este tipo de factos, potencialmentre criminosos, nomeadamente esta atuação coletiva, não é uma atividade isolada, tem um contexto que conhecemos bem - o aumento da violência no futebol profissional", referiu ainda.

"Tive o sentimento de alguém que se sente vexado pela imagem projetada por Portugal no Mundo", disse o Presidente da República.

Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que em Portugal "não pode haver dois 'Portugais', um Portugal que é estado de direito democrático e o outro que vive à margem do estado de direito democrático. Vexado porque Portugal é uma potência, nomeadamente no futebol profissional, e vexado pela gravidade do que aconteceu", afirmou o Presidente da República. Há uma Constituição, há leis, há um clima de serenidade que é preciso criar. Vexado pela gravidade do que aconteceu.

"Temos de ter noção de que é fundamental para o próprio futebol e para o desporto, que se perceba que o clima criado ao longo dos tempos, e que foi debatido no Parlamento, não pode nem deve continuar sob pena de uma escalada que vai destruir o desporto português", disse, lamentando o desprestígio que tal cenário possa ter "lá fora e cá dentro" e que poderá "empobrecer a sociedade portuguesa".

Na linha de pensamento, o Presidente da República sustenta que não quer ver ninguém 'assobiar para o lado'.

"Não podemos fazer de conta como muitas vezes fazemos". Este é momento de travar a escalada. "Se não é agora, é mais adiante com meios mais drásticos e todos queremos evitar isso", refere, avisando...

"Escalada do problema pode destruir o futebol".

Esta terça-feira, 15 de maio, cerca de 50 indivíduos de cara tapada, alegadamente adeptos 'leoninos', invadiram a Academia e, depois de terem percorrido os relvados, chegaram ao balneário da equipa principal, agredindo vários jogadores, entre os quais Bas Dost, Acuña, Rui Patrício, William Carvalho, Battaglia e Misic, assim como o treinador Jorge Jesus e outros membros da equipa técnica.

Relacionado:

Comentários

Últimas notícias

Bárbara revela a todos que Úrsula é a menina dos vídeos — Malhação
Isso porque em determinado momento, Gabriela decide conversar com Marcelo (Bukassa) sobre o bullying que a jovem vem sofrendo. Violeta e Getúlio procuram por Érico. Érico é internado no centro e Selmo alerta Vagner sobre a integridade física do menino.

Após venda de mansão, Eduardo Costa está sendo acusado de estelionato
Conforme um documento, o cantor teria adquirido uma casa na região da Pampulha, em Belo Horizonte, por R$ 9 milhões. Como pagamento, Eduardo deu R$ 2 milhões em espécie, e quitou o restante com bens de luxo, incluindo outro imóvel.

Novo cartaz de Missão: Impossível - Efeito Fallout mostra Ethan Hunt e cia
No entanto, um papel se encontra ausente na filmografia do ator: o de super-herói. "Sempre há mais uma montanha para subir. Agora, parece que ele está interessado em vestir uma máscara e fazer parte do Universo Cinematográfico da DC Comics .

Gradual Investimentos anuncia fim de operações em Bolsa
Com 60 mil clientes e investigada pela operação Lava-Jato , a Gradual Investimentos decidiu encerrar suas operações em Bolsa . Na ocasião, a proprietária da corretora, Fernanda Lima, e seu marido Gabriel de Freitas Júnior, foram presos pelos agentes.

Outras notícias